logo-metodos-contraceptivos.gif









Contraceptivos Naturais

Tabelinha.Tabelinha (método rítmico ou Ogino-Knaus)

Nesse método, a mulher calcula o início e o fim de seu período fértil, para que, com esses dados, possa saber o seu período fértil e assim poderá não ter uma relação sexual durante essa data. Porém, é um método ineficaz que somente pode ser feito por mulheres que tenham um ciclo menstrual regular. É recomendável que seja utilizado em conjunto com os preservativos porque o período fértil de uma mulher é a época em que ela sente mais desejo sexual. A tabelinha não protege contra as doenças sexualmente transmissíveis e caso seja utilizado, deve ser em conjunto com outros métodos mais eficazes.

A método da tabelinha ocorre da seguinte forma: a mulher deve contar o primeiro dia de menstruação, que é o início de seu ciclo, e o dia que antecede ao início da próxima menstruação, que é o seu último dia de ciclo menstrual. O resultado será correspondente ao número de dias que tem seu ciclo (variam entre 26, 28 e 32 dias).
 
Quando a mulher obtiver esse número de dias, ela deverá dividi-lo por dois porque o período fértil costuma ocorrer na metade do ciclo e o dia fértil é considerado o dia da ovulação. Quando ocorrer a menstruação, deve-se somar o número referente à metade de seu ciclo menstrual e assim poderá obter seu dia fértil. Nesse caso, ao saber seu dia fértil, deve-se evitar as relações sexuais 4 dias antes e depois dessa data.

Temperatura basal.Temperatura Basal

Esse método observa as alterações da temperatura corporal durante o ciclo menstrual. Devido à ação da progesterona, a temperatura basal eleva-se entre 0,3 a 0,8°c.
 
A mulher deve medir sua temperatura com um termômetro, por um período de 5 minutos pela manhã, antes de comer ou antes de realizar um esforço muscular. Deve-se anotar o resultado durante dois ou mais ciclos menstruais. Isso deve ser feito a partir do 1° dia de menstruação até quando a temperatura estiver elevada durante 3 dias subsequentes. Com os dados obtidos e o padrão de aumento da temperatura, a mulher pode evitar relações sexuais durante seu período fértil. Porém, diversos fatores como gripes e insônia, podem alterar a temperatura do corpo.

Coito interrompido

O coito interrompido é um método contraceptivo onde o homem, antes de ejacular, retira o pênis da vagina e ejacula fora dela. Não é um método confiável, pois o pênis solta secreções durante a excitação e nela podem estar contidos espermatozoides vivos. Outro motivo é a dificuldade que o homem tem de controlar sua ejaculação. Esse método exige um autocontrole do homem e não dá a proteção necessária contra as doenças sexualmente transmissíveis. Além disso, possui um alto índice de falhas porque se uma pequena quantidade de esperma cair na vagina, pode ocorrer a gravidez.

Muco Cervical

Esse método trabalha com a observação do muco cervical com o intuito de identificar o período fértil. Pode ser feito pelo autoexame ou com a percepção da sensação que ocorre na vagina e na vulva. É uma observação que deve ser feita diariamente. O muco cervical aparece de 2 a 3 dias depois da menstruação em uma forma pouco consistente e espessa. Antes que a ovulação ocorra, ele fica com um aspecto grudento, aumenta a quantidade e fica transparente. Após a mulher ovular, ele fica branco e opaco o que determina que a ovulação acabou.

Cólica menstrual.O teste do muco pode ser feito tentando separá-lo com o polegar e o indicador. As relações sexuais devem ser interrompidas por no mínimo 4 dias após o aumento na produção do muco. É um método que necessita de uma grande observação da mulher e um grande conhecimento de seu corpo. Não é confiável, pois além de exigir disciplina da mulher, o muco pode ser alterado devido a algum problema de saúde como os corrimentos.
 
 
 
 
 
 
Métodos Contraceptivos   <<--  Contraceptivos Naturais  -->>  Contraceptivos de Barreira